sexta-feira, 11 de maio de 2012

Carta:sem planos

                                                                         
                                                                           Querido...
                     Amanhã vou acordar colocar o pé esquerdo descalço no chão para acabar com a minha supertição.Vestir qualquer calça sem me importar se ela combina ou não com a farda escolar, fazer aquela trança de lado bem bagunçada que a minha mãe odeia, chegando na escola vou voltar correndo para casa por que esquecilivro de física. Pego o livro volto correndo para a escola, mas o porteiro não me deixa entrar e diz que só posso entrar no próximo horário. Sem dar muita importância volto pra casa já cansada de tanto ir e voltar, digo pra minha mãe que não teve aula, troco de roupa coloco meu all star desbotado, o shortinho desfiado e o moleton com capuz, pego minha bike e saio com toda velocidade antes que ela descubra que estou mentindo.

Descubro que não é um daqueles dias que matava aula pra te encontrar, pois esta frio e você não esta comigo, mas deixo pra lá já que é sem planos mesmo coloco meus fones no ouvido e ouço The Wanted, não tenho nada melhor pra fazer mesmo nem compainha melhor.

Na hora do almoço volto pra casa, logo depois de almoçar vou trabalhar. Chego em casa e fico olhando para o céu, nesse tempo nublado o dia acaba mais rápido, mas não da para ver as estrelas, coloco meus fones ouço It Will Rain de Bruno Mars e me lembro de você. É! de uma maneira ou de outra sempre me lembro de você.


Ps: Acho que sem querer fazer planos, acabei fazendo planos demais, pra começar amanhã nem tem aula.

Nenhum comentário:

Postar um comentário