segunda-feira, 11 de junho de 2012

Carta: Tá frio lá fora

Querido...
Você nem imagina como minha vida se tornou um caos depois que você se foi, aliás, por que você se foi?
Nós tinhamnos tudo para dar certo, lembro bem daquela época, não consigo me lembrar de chorar, claro que me lembro das vezes que você ficava e falava tanto que deixavatodo mundo calado, isso me fazia gostar cada vez mais de você, sempre quis alguém que qu gostasse de mim, mas que tenha um pouco de autoridade.

Eu que vivia no meio de todo aquele barulho e adorava, hoje qualquer barulho me incomoda a única que ainda gosto de ouvir é o toque de instrumentos de cordas. As estrelas que vejo todas as noites pensando em você, você não ver, (eu sei que você não ver) o nosso tempo é louco aqui vejo as estrelas, aí já tudo nublado.

Nossa distância é tão grande que nem sei  se ainda lembra de mim, ficarei tão triste se souber que você já me esqueceu.
É isso, quem sabe esse ano nos vemos e trocamos alguns olhares rápidos.

Ps: Não esqueça de colocar seu casaco, tá frio lá fora!      

Nenhum comentário:

Postar um comentário