terça-feira, 19 de junho de 2012

Pós-festa

Imagine que dei uma festa enquanto meus pais estão viajando, e eles chegariam na tarde do dia seguinte, teria que limpar tudo bem rápido  por isso meus amigos prometeram me ajudar, a festa foi ótima, mas quando acordo de mahã estou morrendo de dor de cabeça e sozinha, começo a limpar o jardim que é o lugar que ficou mais sujo, passa algumas pessoas que riem da minha situação, mas eu estou com muita pressa pra responder alguma coisa, também passam outras pessoas que me oferecem ajuda, mas odeio que as pessoas tenham pena de mim, então vou terminando a minha limpeza sozinha, pra quando meus pais chegarem tudo estiver no mesmo lugar como se nada houvesse acontecido.
É assim que me sinto, tenho que mudar completamente jogar fora as coisas que não prestam mais e nessa hora que mais preciso os amigos parecem estar com uma ressaca que nunca acaba, e parece que sempre alguém vai chegar antes da hora pra colocar a bagunça em saco grande e deixar tudo limpinho, só pra depois quando comerçar a gostar abrir o saco e derramar tudo no meu jardim.
E para completar tem aquela dor de cabeça que já falei que parece que tudo está girando e eu estou pisando no lugar errado, e as lembranças que tudo foi ótimo, como tudo que bom acabou, mas da próxima vez fica só pra ajudar a levar o saco de lixo pra fora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário