sexta-feira, 1 de junho de 2012

Um dia termino


Nos conhecemos em um desses dias chuvosos, estava esperando o ônibus e ele chegou todo molhado e se sentou ao meu lado, sacudiu o cabelo e pingou água em mim, fiquei nervosa e me levantei. Quando peguei o ônibus já tinha me esqucido dele, o ônibus só tinha duas pessoas, me sentei sozinha e colquei os fones no ouvido, não era um dos meus melhores dias, percebi que alguém sentou do meu lado quando me virei era você com um sorriso tão grande, que a única coisa que consegui fazer foi rir também.
Conversamos muito, perguntei se ele pegava esse ônibus todo dia ele disse que não, que a moto dele quebrou, mesmo assim tinha conseguido uma carona, mas não aceitou, pois fazia muito tempo que ele não tinha pegado um ônibus. Ele disse que esse nosso encontro estava escrito e que era o destino ele se sentar justo ao meu lado, aí que eu dei gargalhadas e falei que o ônibus estava vázio e ele se sentou ao meu lado de prósito.
Fui para casa com a certeza de que nunca mais o veria, depois de umas duas semanas chego atrasada na escola e minha amiga pergunta se eu já tinha visto o aluno novo, espondo que não e ela diz que ele é muito lindo. O chato mesmo foi que eu não vi o aluno novo, e com eu tinha chegado atrasada a professora mandou ficar em dupla com ele, quando me sento vejo que era o mesmo garoto que conheci no ônibus, ele me da aquele sorriso lindo e como de costume retribuo.
Depois de seis meses estudando juntos, ele tem que ir embora.

Um dia posto o final dessa história, se ter coragem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário