sábado, 11 de maio de 2013

As vezes triste

As vezes a tristeza me domina, não me pergunte de onde vem, que eu não sei explicar. Tudo está certo, dormir, acordar, sorrir, viajar, e chorar, mas quando o dia vai acabando e eu não vejo o pôr do sol me bate uma tristeza que não é normal, durante o dia toco, canto ~~ canto muito que incomoda ~~, corro atrás do que quero e sou feliz. Porém há algo a mais que me faz olhar para trás e ver aquela garota de olhos grandes e sorriso forçado, as vezes me pergunto se essa garota sou eu. Não é questão de tédio, pois sempre procuro fazer o diferente, é questão de se sentir sozinha, sei, não estou sozinha, mas quando o dia acaba sinto que todos foram embora e a garota de olhos grandes está me olhando perguntando: "E aí, o que vai fazer?".

Não consigo descobri por quê esse sentimento me atormenta, resgato antigos bichinhos de pelúcia para conversar comigo ~ eles me dão ótimos conselhos ~ os antigos amigos reais estão tão próximos, mas tenho medo, sei lá, de me aproximar um pouco mais e eles se afastarem.
Sou uma chata sem remédio as vezes penso em largar tudo, tem quem diga que isso é estresse, mas a noite aparece e descubro que a vida é mais, apesar de tudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário