terça-feira, 27 de agosto de 2013

Entre Namoros terminados e Cabelos Cortados

Larissa piscou duas vezes, a primeira foi para esconder as lágimas, a segunda foi para ver se tinha entendido o que Miguel tinha acabado de dizer.
- Quem é ela?
- Não faz assim Lari...
- Como não faz assim? Nós namoramos à três anos e, agora você se encheu de mim.
No fundo ela sempre soube que o namoro deles estava por um fio, mas nunca admitiu, mesmo quando viu ele conversando com a irmã sobre o futuro.
- Estamos juntos á três anos e só temos dezessete, você acha mesmo que ficaríamos juntos para sempre?
Logo depois que as palavras sairão Miguel percebeu que nunca deveria ter dito nada, nem mesmo aquele primeiro oi.
- Me desculpe.
- Não precisa se desculpar, você tá certo.
- Sério?
- Sério - Larissa disse com sinceridade. - Mas seria se legal que continuássemos amigos.
Miguel começou a namorar com outra, e Larissa já tinha ficado com um ou dois caras depois do fim do namoro. Todos da classe percebiam como o clima ficava estranho quando um chegava no lugar onde o outro estava, eles só conseguiam dizer um "Olá" sem se olharem, as fofoqueiras diziam que tinham terminado por causa de uma traição. Mas não era isso.
- Com licença, Senhora Laura - Larissa falou pedindo para sair da sala, a professora assentiu.
Foi direto pra o banheiro, não acreditava que Pedro tinha colado chiclete logo no seu cabelo - Pedro era um cara que ficava feliz com o desespero dos outros -, o chiclete estava na altura da nuca e, ela não conseguia tirar de jeito nenhum, estava completamente grudado, mexeu na bolsa por alguns segundos até encontrar o que procurava - uma tesoura - olhou no espelho, seu cabelo ficava abaixo da cintura e, era um preto. Liso perfeito.
Não pensou em nada, apenas cortou, na altura do seus brincos de laços, deixando duas pontas mais compridas na frente. Recusou a se olhar no espelho para não chorar. Foi para sala, ouviu os comentários calada e, não respondeu nenhuma pergunta.
No fim da aula recebeu uma mensagem de um número que não conhecia:
POSSO TE ENCONTRAR
HOJE À NOITE NA SUA CASA?  
Ela não sabia quem era, mas em pensar como na hora de cortar o cabelo respondeu:
PODE.  
Ângela mãe de Larissa é jornalista e, estava fazendo um documentário no Chile, sobre um assunto que Larissa não se interessava, com certeza não gostaria do corte de cabelo da filha, mas só veria depois de duas semanas.
Larissa passou a noite esperando a pessoa da mensagem, não sabia nem se era homem ou mulher. Usava um short jeans e uma camisa com a palavra Sweet. Quando estava se arrumando para dormir a campainha tocou. Correu para atender, Miguel estava escorado na porta.
- Olá. - Consegui dizer sem saber se ele era a pessoa.
- Gostei do cabelo.
- Obriga... - Ele a beijou, beijou de um jeito que nunca tinha beijado quando estavam namorando. Passaram a noite juntos.
A vida seguiu seu ritmo normalmente, o cabelo de Larissa parecia não crescer, mas só fazia duas semanas que cortará, sua mãe voltou, como esperado não gostou nada do corte da filha. Ela e me Miguel continuaram se encontrando, mesmo ele namorando e, ela ter recebido essa mensagem no dia anterior do primeiro encontro na casa dela:
DESCULPE NÃO TER
APARECIDO, PODEMOS
MARCAR OUTRA VEZ?     

2 comentários:

  1. Que texto bonito você mesmo que é a autora :D lindo de mais, seguindo se blog se puder seguir o meu :)
    ~> Quase Meia Noite

    ResponderExcluir
  2. O texto é meu sim, que bom que você gostou!
    Vou seguir seu blog.

    ResponderExcluir