quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Meu Amigo, Meu amor

Nunca fomos amigos, sério, a primeira vez que nos beijamos foi assim: Estava tendo uma festa na casa da minha prima (clichê) ele olhou pra mim e sorriu, automaticamente sorri de volta , quando respirei  já estávamos no segundo beijo. Ficamos muitas vezes, um dia estava com ele, e o irmão dele chegou, na hora de me apresentar, ele disse:
- Essa é a minha namorada.
Assim sem aviso prévio, descobri que estava namorando. Mas como disse, nuca fomos amigos, quando não estávamos agarrados não tínhamos nada para fazer juntos, ele nunca tinha se queixado das minhas amizades, pois sabia que elas me entendiam. Mas a primeira reclamação surgiu quando um amigo chegou de Porto Alegre:
- Você fica mais tempo com esse cara que comigo.
A recíproca foi verdadeira, Binho - meu amigo - também não gostou nem um pouco do meu namorado.
Resultado: Acabou que o namoro acabou, em uma festa na casa da mesma prima (mais clichê ainda) bebi demais e beijei o Binho, fiz questão que fosse na frente do meu namorado, ele pensou que eu não tinha visto os olhares que ele estava lançando para minha prima. Terminamos. Meu amigo ficou dias sem falar comigo. Mas hoje irei viajar com o meu namorado. O nome dele é Binho e, sim, ele é meu melhor amigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário