sexta-feira, 29 de novembro de 2013

#VoltaCazuza

Não é qualquer show, é O show. Acontecerá amanhã em São Paulo às 19h, AV. Cruzeiro do Sul, 2630 - Próximo ao Campo de Marte. Como alguns de vocês sabem eu moro em uma cidade no interior da Bahia, mas sabe o que é bom? dá pra assistir em HD Streaming ao vivo ( pela GVT).
Vamos a parte mais legal, como é óbvio o show é do Cazuza, será de graça, e terá participação de... ex- parceiros musicais e amigos de Cazuza: Leoni, Nilo Romero, Arnaldo Brandão, Rogério Meanda, George Srael (Kid Abelha), Guto Goffi (Barão Vermelho), Paulo Ricardo e Gal Costa (não é pra qualquer um, não!).
A louca aqui está morrendo de vontade de ir. Vou deixar pra vocês o trailer da história do show, e mais dois episódios falando sobre a estrutura do evento:



Quer saber mais? é só entrar no #VoltaCazuza!





quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Mais Que o Sol

Foi numa dessas manhãs chuvosas que descobri que a vida é mais que sol. Você deve pensando: Lá vem a Jéssica com essas palavras sem sentido. Mas é assim, têm coisas que escrevo e não sei porquê.
As músicas que mais amo falam de sol ( principalmente se forem rock!), mas não é que têm músicas lindas que falam de chuva (Hi! Bruno Mars!).
Estou falando (escrevendo) essas coisas, mas não funciona só para o tempo ou para o seu gosto musical, mas também para vida, passamos sorridentes por situações incríveis, e na maioria das vezes chorando pelas dificuldades. Não sei se vocês já pararam pra pensar nisso, mas a mesma beleza que tem uma manhã de sol tem uma manhã de chuva, o que muda é a forma que você enxerga a vida e tudo a sua volta.
Passe pelas situações difíceis com o mesmo sorriso de sempre, pois assim tudo fica bem, e com certeza o seu sol aparecerá.

Música para inspirar:

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Meus Livros: Enigma na Televisão

Tudo começa com um simples beijo que desencadeia uma séries de mortes de atores da TV Mundial, os atores estavam sendo assassinados logo depois da produção receber uma mensagem com a frase: Aguardem a próxima atração. Nessa trama incrível ainda tem lugar para uma liga de senhoras respeitáveis - Liga das Sentinelas - que estão dispostas a tudo para manter a moral e os bons costumes.
Em meio a atores decadentes e jornalistas apaixonados por livros, quem seria o culpado?
Adorei o livro vocês sabem que eu adoro livros desse gênero, sou suspeita pra falar, indico mil vezes.

Sobre o autor: Marcos Rey, pseudônimo de Edmundo Donato, nasceu em São Paulo, 1925, cidade que sempre foi o cenário de seu contos e romances. Faleceu em 1999, suas cinzas foram transportadas num helicóptero, que foram espalhadas sobre a cidade que o consagrou.    

domingo, 24 de novembro de 2013

As coisas Estranhas

- Boa noite.
Foi tudo que ele disse depois do fim, não sei o que eu queria que ele dissesse mas foi estranho. Para contar a história do começo vamos voltar para o dia 23 de novembro de 2013, quando tudo começou.

Mexia do meu cabelo enquanto, falava com meu irmão a caminho do fliperama que nossos amigos frequentavam:
- Eles são uns malas - estava enchendo o saco do meu irmão. - Só vou lá por que sempre ganho e vocês me pagam o melhor hambúrguer do bairro, mas consequentemente um dos piores que eu já comi.
- Deixa de ser chata Luana, você só ganha por os caras ficam olhando pra você e não presta atenção no jogo.
- Que comentário mais desnecessário.
Chegamos no fliperama às 20h15, como de costume Fred, Ivan e Lucas já estavam lá.
- E aí, meninos? Prontos para serem derrotados?
- Acho que hoje não é a sua noite de sorte Lu - era Fred -,  a máquina quebrou.
- Não tem problema, vamos pular a parte que eu ganho de vocês e vamos direto comer o hambúrguer.
- Se você quiser eu r levo para comer alguma coisa melhor.
Meus anos de amizade com meninos me ensinaram muitas coisas, inclusive como dar um fora em um cara inconveniente.
- Se fosse... - até me esqueci o que estava falando ao ver que o cara que fez o convite era simplesmente lindo: olhos castanhos, pele morena e ombros largos. - Para comer hambúrguer eu não aceitaria, mas já que é outra coisa, vamos lá.
Nando puxou meu braço.
- Você tá louca? nem conhece esse cara - falou irritado.
- Nando você é só meu irmão, olha o ciúmes. - saí com o desconhecido.
Estávamos andando pelas ruas movimentadas, ele ria.
- Que foi?
- Você deve realmente ser louca, nem me conheci e aceita sair comigo, nem o meu nome você sabe.
- Então tá, meu nome é Luana, qual é o seu?
- Eduardo. Eu te conheço, você sempre ganha daqueles garotos.
Em resumo tomamos só um suco e sem segundas ou terceiras intenções ele me levou de volta ao fliperama. Trocamos números mas ele não ligou e, não apareceu no fliperama.
Já tinha perdido o interesse e a paciência, então ele chegou com sorrisos.
- Oi!
- Oi.
- Quer tomar um suco comigo?
- Não.
- Então vamos ao que interessa. Quer namorar comigo?
- Oi?
Não que eu não tivesse gostado da ideia, mas ele desaparece e chega com esse papo?
- Quer ou não?
Meus lábios estavam formando o não mas ele me beijou antes, e eu não tive como resistir.

Ficamos juntos por dois anos, ele era um ótimo namorado daquele que abre a porta, e conquista os irmãos ciumentos. Só que sempre desaparecia. Então um dia me deu boa noite e não apareceu mais.




quinta-feira, 21 de novembro de 2013

O Cara Mais Hot é do Maroon 5!

Acabei de ficar sabendo que o divo Adam Levine vocalista do Maroon 5 foi eleito o homem mais sexy de 2013. E aí, vocês concordam? Sim ou com certeza, há! há! Sem conseguir pensar em outra coisa (sorriso/tanquinho) vim trazer pra vocês mais uma vez as músicas do Maroon 5 que eu tanto amo, afinal não é qualquer um que é lindo e canta muitooo!





Não podia deixar de colocar uma imagem dessa maravilha, né?!





quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Os amigos...

Outro dia participei de uma mesa-redonda que propunha uma discussão sobre amizade feminina. Existe mesmo? Há quem acredite que as mulheres são eternas concorrentes e, portanto, muito pouco leais.
Existe amizade feminina, sim. Amizade real, sólida e vitalícia. O que acontece é que as mulheres se envolvem muito na vida umas das outras, e isso, como em qualquer relação, gera alguns mal-entendidos, ciúmes e até brigas feias, o que faz parecer que amizade entre mulheres é frágil. Os homens são menos invasivos, não se envolvem tanto com a intimidade dos amigos. Por isso, atritam-se menos e passam a ideia de serem mais estáveis.
A amizade é o melhor – e provavelmente – o único antídoto contra a solidão. E não precisa ser uma amizade grandiloquente, do tipo grude 24 horas e sem segredos. Uma amizade pode ser forte e leve ao mesmo tempo. E melhor ainda se forem amizades variadas. Uma boa amiga para ser sua sócia, outra para dar dicas de viagens, uma amiga especial para conversar sobre sentimentos escusos, outra amiga fantástica para falar sobre livros e filmes, uma amiga indispensável para lhe dar um ombro quando você está caidaça. Nenhum problema em departamentalizar. Ao menos nas amizades, viva a poligamia.
Amigos homens são igualmente imprescindíveis. Quando ouço que não existe amizade entre homem e mulher por causa da possibilidade de um envolvimento amoroso, pergunto: e daí? Qual o problema de haver uma sensualidade no ar? Todas as relações incluem alguma espécie de sedução – todas.
Amigo homem é bom porque eles não falam toda hora sobre filhos, empregadas, liquidações, esses papos xaropes. Amigo homem não faz drama, ri das nossas manias, traz novos pontos de vista sobre as coisas que nos angustiam, não pede nossas roupas emprestadas e, o que é melhor, comenta sobre suas ex-namoradas e com isso acaba nos dando dicas muito úteis para enfrentar esta tal guerra dos sexos.
Amiga de infância, amiga irmã, amigo homem, amigo gay, amigos virtuais, amigos inteligentes, amigos engraçados, amigos que não cobram, que não são rancorosos, amigos gentis, amigos que se mantêm amigos na distância e no silêncio, todos eles ajudam a formar nossa identidade e a nos sentir protegidos nesta sociedade cada vez mais bruta e individualista. E não posso esquecer do melhor amigo de todos, e não é seu cachorro, seu gato ou seu hamster: estou falando daquele ser humano com quem a gente casou, aquela pessoa que convive conosco dia e noite, numa promiscuidade escandalosa, e cujo vínculo se mantém com muita paciência, humor, respeito e solidariedade, tal qual acontece entre os verdadeiros amigos do peito.
Autora: De tempos em tempos a Martha Medeiros aparece aqui no blog. Ela é uma escritora incrível que me faz feliz só de saber que existe pessoas que use as palavras tão bem!

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Desapego

Não que eu seja a favor de ficar sozinha ou algo parecido, mas o que mais vejo na web e na vida real são pessoas que não sabem ficar com sigo mesmas. Sou completamente adepta ao desapego, não só em relacionamentos, mas nas coisas mais pequenas, vejo muitas garotas chorando pelos seus cabelos curtos ou por unhas cortadas - esse último tenho que confessar que eu também já sofri muito.
Sei lá o que aconteceu comigo, só não consigo imaginar minha felicidade dependendo da respiração de outras pessoas, pode até parecer egoísmo, que seja, nunca vi ninguém feliz sem ser um pouco egoísta!

sábado, 16 de novembro de 2013

Imagens bonitinhas do Tumblr

Sábado! Pra falar a verdade compartilhar vocês imaginação, então resolvi compartilhar com vocês images fofinhas lá do tumblr:




Poucas mais lindas, né?!










sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Roube o Look: Lily Collins

Essa tag é nova aqui no blog, e se vocês gostarem vou postar looks de famosas para vocês se inspirarem toda, pra começar escolhi a Lily Collins, que tem um estilo meio meigo meio despojado que eu adoro!
São vestidos usados em tapetes vermelhos que poderiam perfeitamente serem usados em formaturas.

No dia a dia ela usa tênis, saias confortáveis, e não despensa uma rasteirinha.

Vestidos e saias marcados na cintura e em formato de "A" também fazem os looks da diva.

Por último esse look que gera polêmica por ser cor da pele (mas eu adorei!)

O que vocês achararam dos looks da Lily?








domingo, 10 de novembro de 2013

Minha Playlist: Amorzinho

Amo músicas românticas, afinal são elas que nos fazem lembrar do quê ou de quem gostamos, né? Tô cheia de coisas pra fazer, mas não podia deixar de mostrar pra vocês as músicas lindas lindas que não consegui parar de ouvir essa semana, é só dá o play:

 







O que achar das músicas?

sábado, 9 de novembro de 2013

One Direction - Story of My Life

Um dos clipes mais lindos do grupo One Direction, sei que algumas (se não todas) de vocês já vira esse clipe, mas mesmo assim vim compartilhar com vocês, sabem chorei no finalzinho, que letra linda:
O que acharam?

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Minha nail art: Efeito Alongado

Depois de uma eternidade sem postar nada na tag #MinhaNailArt (mentira foram só dois meses), estou aqui para mostrar pra vocês a minha última loucurinha, como alguns de vocês sabem eu toco violão e, isso faz com que eu corte toda semana as unhas no toco, mas ontem estava às pintando com uma cor um pouco apagada, e me veio uma ideia para alongar as unhas, é isso que eu vou mostrar pra vocês:
Usei o lilac strass da Beauty Color.

O preto da QTock.

E o incolor da Risqué.

Uma tesoura e um durex de papel.

Como fiz:

Pintei todas as unhas com uma camada bem fina do lilac strass.

Cortei pequenos pedaços no durex de papel.

Formei um triângulo beeem fininho, com a base na ponta da unha.

Passei o esmalte preto dentro do triângulo.

Depois que o esmalte secou retirei o durex e passei uma camada do esmalte incolor.


Esse foi o resultado:

Minhas unhas parecem mais compridas? o que acharam? 












quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Mudar o Passado

"O passado é base do futuro", é o que dizem, mas e quando essa base foi construída em cima da areia? As vezes o tempo é o pior remédio, pois tudo que no passado parecia de fácil resolução no futuro toma grandes proporções.
Deixar de falar com os pais, o fim do namoro, até o curso da faculdade. Uns dizem que o tempo não para, outros que o tempo não passa, na verdade o tempo é aquele amigo que anda com a gente e, sem esperar ele já passou por várias situações ao nosso lado.
Não é preciso mudar mudar as horas, dias, semanas, meses, anos, décadas ou séculos, é preciso mudar as atitudes. Aquele relógio que funciona ao contrário não faz os momentos voltarem, o que vivemos hoje é valioso, o melhor conselho é: construa seu passado em cima de uma rocha para que seu futuro tenha no que se apoiar.

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Meus Livros: O Lado Bom Da Vida

Uma das leituras mais fáceis que já fiz na vida. É narrado em primeira pessoa por Pat Peoples, que acaba de sair de uma instituição psiquiátrica - "lugar ruim" como ele chama. - É completamente apaixonado por sua ex-esposa, agora pratica ser gentil com todos - para quando o tempo separados acabar ele trate Nikki sua esposa bem -, conhece Tiffany em um jantar na casa de um amigo, Tiffany vira sua melhor amiga de uma forma meio torta e louca. Umas das coisas que mais gostei no livro foi a união de monte de cara em nome de um time de futebol americano, muito legal. Não posso falar muito se não vou acabar dando spoiler.

Sobre autor: Matthew Quick era um professor na Filadélfia, mas decidiu largar tudo e, depois de conhecer a Amazônia peruana, viajar pela África Meridional e trilhar o caminho até o fundo nevado do Grand Canyon, reviu seus valores e, enfim, passou a dedicar todo seu tempo à escrita.


segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Amor Hippie

O ano era 1968, morava com a minha avó em Paris, o Brasil estava sob a ditadura militar desde de 64. Não  tinha nenhum ideal ou coisa parecida, era apenas mais uma menina sem graça no meio do movimento estudantil, acompanhava uma amiga quando alguém puxou meu braço e me beijou intensamente - eu que nunca havia sido beijada.
- Me desculpe - disse um garoto francês de cabelo longo. - Tinha que me livrar do guarda...
- Então me achou um bom objeto - falei sem conter o riso.
- É.
- É?
- Gostei de você, sei que também gostou de mim, vem comigo para o acampamento.
Fiquei chocada, aquele rapaz de blusa colorida estava me chamando para morar com ele.
- A vida não funciona assim. Eu tenho família, responsabilidades.
- Responsabilidades? - ele grito - desconheço essa palavra. Eu posso te fazer feliz.
Ao ouvir as cinco últimas palavras fui convencida, ninguém nunca me prometera a felicidade antes.
Estávamos em um acampamento cheio de garotos e garotas com roupas coloridas, alguns estavam sem roupa, o que me assustou de princípio, mas logo me acostumei.
O nome do meu amado era Rennè, que me ensinou o que é liberdade. Conheci uma menina de quinze anos que também era brasileira, seu nome era Thalita - logo nos tornamos melhores amigas.
Rennè e eu pichamos em um muro a frase: Il est interdit d'interdire ( é proibido proibir). Vivi o mês mais feliz da minha vida, mas logo acordei do meu sonho, Rennè estava aos beijos com Thalita no meio do acampamento.
- Rennè -  falei alto para que ele escutasse. - Como você teve coragem?
Sem se abalar ele caminhou com a mesma confiança se aproximando de mim.
- Julie, o amor é livre - falou tentando colocar a mão no meu rosto, mas eu me esquivei. - Pensei que você soubesse.
Corri pra longe. Fiquei dois dias afastada do acampamento. Não conseguia ter raiva da Thalita, sabia que o Rennè estava certo, então voltei.
Só não que acontecesse o que aconteceu.
Marie um garota de vinte e poucos anos que usava uma calça jeans, um top marrom, vários anéis, veio na minha direção chorando.
- Eles estão mortos - me abraçava chorando. - O sonho acabou pra eles.
- Eles quem?
- Rennè e Thalita.
Tudo escureceu. Quando acordei estava numa tenda com cheiro de incenso de canela.
Marie me contou como tudo tinha acontecido, como eles enfrentaram os policiais que os agrediram. 
- Thalita não resistiu.
- Rennè - falei sentindo as lágrimas queimarem meu rosto. - Onde ele está?
- Ele trouxe a Thalita - falou engasgando - estava muito machucado, sinto muito.
- Onde ele está - me ouvi gritando.
- Enterrado perto das rochas - se afastou, voltou segurando um pedaço de papel. - Ele pediu para que te entregasse.
Me sentei nas rochas olhando para o monte de terra cheio de flores onde estava o corpo de Rennè, abri o papel, li aquelas poucas palavras, sentido um sorriso se formar nos meus lábios.

Hoje sou uma velha de sessenta e três anos. Construí uma família, tenho até netos. Mas penso em Rennè todos os dias, pois ninguém nunca cumpriu umas promessa como ele. Me fez feliz.




domingo, 3 de novembro de 2013

Meus Livros: Cidades das Cinzas

Leia Primeiro a resenha de Cidade dos Ossos. Clare se encontra com muitos problemas: a mãe em um hospital, o namoro com Simon, sentimentos nada confusos por Jace. Além disso tudo, eles descobrem que o segundo Instrumento Mortal foi roubado. O principal suspeito é Jace que anda tendo atitudes ainda mais rebeldes - ficado sob a vigilância da Inquisidora.
O que me fez dar boas risadas foi Magnus e Alec - dois fofos <3. - A batalha que é travada é hipnotizante, sério, não me fez desgrudar do livro, os poderes de Clare são incríveis e, a nova situação de Simon digamos... deixou as coisas bem mais interessantes. Sim! adorei o livro, estou louca para ler Cidade de Vidro. Indico com toda certeza!

Sobre autora: Cassandra Clare, espera um pouco, o verdadeiro nome não é esse, é? não, o verdadeiro nome é Judith Rumelt. Durante a infância viajou bastante com a família, seus maiores companheiros eram os livros. Em 2004 ela começou a escrever Cidade dos Ossos que foi lançado em 2007, seguindo uma série. Agora que contei minha experiência com Cidade das Cinzas, estou com mais vontade de ler os próximos. 

sábado, 2 de novembro de 2013

Katy Perry - The One That Got Away

Uma música da Katy Perry me inspirou para fazer uma crônica que particularmente adorei, vou postar pra vocês na segunda-feira, até lá vamos ver e ouvir esse clipe/música que eu tanto amo:
É triste mais é lindo!