terça-feira, 6 de maio de 2014

Já Sabia...

Imagine que o amor da sua vida não pode ficar com você, mas por um motivo realmente forte. Você entenderia? Se sim, você é bem melhor que eu, se não, não se preocupe, somos iguais. Agora vou contar um pouco da minha história para você julgar certo ou errado:
Quando conheci Max eu tinha 11 anos e ele 10, ele era um daqueles garotos chatos que ficam correndo atrás dizendo "Eu te amo! eu te amo", isso quando se tem 11 anos é mais chato que qualquer outra coisa.
O tempo passou e quando eu tinha 16 anos ele já não corria atrás de mim. Eu tinha um namorado que nuca havia me dito uma palavra carinhosa e numa dessas noites de sábado ele resolveu pé dar um pé na bunda. Fiquei chorando da janela do meu quarto e vi que Max me observava da janela do quarto dele do outro lado da rua, cinco minutos depois a campainha tocou e um minuto depois ele estava no meu quarto e eu chorava no ombro dele.
- Cara, você ficou bem forte e alto, você já tem 14 anos?
- 15. O que aquele cara fez?
- Terminou comigo.
Ele me abraçou ainda mais forte e ficamos ali aconchegados na poltrona do meu quarto.
- Seria um erro beijar um garoto mais novo que eu?
- Seria, mas se ele te beijasse não seria nada errado.
E ele me beijou, ficamos juntos aquela noite e tantas outras noites.
Mesmo ele sendo alto e forte as pessoas sempre apontavam quando a gente passava, e em forma de rebeldia ele me beijava.


Agora no meu aniversário de 18 anos ele vem me dizer que não pode mais ficar comigo, motivo? Ele iria realizar o seu maior sonho, fazer um intercâmbio em Londres de dois anos, e ele nunca em namora à distância, na verdade nem eu.

E aí, estou certa ou errada em querer que ele não vá, afinal, se ele me amasse mesmo como cantarolava aos 10 anos pensaria numa forma de ficarmos juntos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário