domingo, 12 de outubro de 2014

Quando Peguei Uma Garota ( antes de julgar pelo título tente ler)

Dia desses estava passando na rua toda feliz, nem lembro por quê tanta felicidade, mas isso já não importa, o que importa mesmo é que uma vizinha minha tava passando, não uma vizinha que eu tenho amizade, mas uma daquelas que só é preciso falar "oi". Mas como percebi ela não queria dizer só um "oi", ela estava com uma garotinha no colo de aproximadamente uns oito meses que estava dormindo.
Não sei se quando vocês chegaram neste ponto da crônica já entenderam o que a tal vizinha queria mas se não entenderam eu explico. Ela queria que eu levasse a garotinha para casa dela, porque a tal garotinha tinha dormido, e não era fácil levar ela no colo com um guarda-cuva aberto por causa do sol. Tá, eu que não me acho a pior pessoa do mundo peguei a garotinha com o braço esquerdo - que eu não tenho força nenhuma - e o guarda- chuva aberto.
Desastrada como eu sou aquilo poderia acabar como um grande desastre, mas quer saber? consegui levar, não sei como as mães conseguem, mas sei que isso é uma situação muito chata, você passa na rua e todas as pessoas te olham como se você tivesse prestes a derrubar a tal criança, que sim, dormia tranquilamente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário